InfraestruturaSão Félix do Xingu

Ponte sobre o rio Fresco, em São Félix do Xingu, integrará as regiões sudeste e sudoeste do Pará

Anúncio da publicação de abertura da licitação para contratar a empresa foi feita nesta quarta-feira (30) pelo governador Helder Barbalho, em agenda no município

O governador Helder Barbalho anunciou nesta quarta-feira, 30, em São Félix do Xingu, na região sudeste do Estado, a construção da ponte sobre o rio Fresco. Ele também apresentou o projeto básico da ponte e informou sobre o processo de licitação para contratar o serviço de construção, cuja abertura foi publicada na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira, 30.

Durante evento no Parque de Exposições, o governador falou sobre uma das obras de infraestrutura de transportes mais ansiadas pelo setor produtivo do sudeste do estado, que interligará a PA-279 à sede do município e ao distrito de Taboca, que possui o maior rebanho de gado do Brasil.

Helder Barbalho destacou que  a obra da ponte sobre o rio Fresco é um grande projeto de integração, que beneficiará vários municípios da região “e, sobretudo, interligará várias regiões do Pará, permitindo que possamos interligar a BR-163 do polo Tapajós com o polo Xingu e este com o sudoeste do Estado. E tudo isto será possível com esses investimentos destinados para o início destas obras tão esperadas pela população”, explicou o governador. 

A ponte sobre o rio Fresco terá 10 metros de largura e 480 metros de comprimento, com 11 vãos, nove dos quais de 40 metros de largura e dois vãos centrais de navegação com 60m de largura e 14 metros de altura. O prazo de conclusão é de 12 meses. A estrutura será do tipo mista, em metal e concreto, com duas pistas de rolamento, duas faixas de pedestres e iluminação pública 100% LED.

IMPACTO

Para o secretário de Estado de Transportes (Setran), Adler Silveira, a construção da ponte terá forte impacto sobre a economia da região, facilitando o acesso às BRs-155 e 158. “É mais um passo na caminhada nas etapas de incremento da infraestrutura de transportes no Pará, com obras de construção e pavimentação de estradas e pontes.

“E adianto ainda que, além da ponte, tivemos publicação hoje no Diário Oficial da abertura de licitação de um trecho da PA-279, com mais de 70 km extensão, garantindo o início da requalificação da rodovia no segundo semestre de 2021”, enfatizou.

A construção da ponte beneficiará também, diretamente, mais de 100 mil habitantes do município de São Felix do Xingu e indiretamente mais de 350 mil pessoas da Região do Xingu.

De acordo com o presidente do Sindicato Rural de São Félix do Xingu, Francisco Torres, o Torrinho, a construção da ponte sobre o Rio Fresco é uma das obras mais importantes de todo o Estado. “Não só pela pecuária, mas também para a população de São Félix. “Hoje nosso município é dividido entre zona urbana e rural, e com essa ponte, beneficiará vários distritos, sendo um deles o de maior população, o Taboca”, destaca o presidente. 

O pecuarista Fábio Polizeti enfatiza que a obra da ponte sobre o rio Fresco também vai impulsionar a cultura do cacau no município. “Temos distritos que despontam como polos importantes na produção de cacau, que precisam de melhor infraestrutura em transportes para escoar toda essa produção, certamente a construção da ponte vai influenciar de forma positiva no incremento da economia do nosso município, pois hoje dependemos de uma balsa, e após a ponte pronta haverá mais possibilidade para serviços de saúde, escoamento de produção e locomoção terrestre”, finaliza

DESENVOLVIMENTO

São Félix do Xingu, na região sudeste, tem mais de 132 mil habitantes, segundo o IBGE/2020, e concentra o maior rebanho bovino do país.  A base da economia é a pecuária de corte. O prefeito do município, João Cleber,  destacou que o pacote de benefícios destinado a São  Felix do Xingu vai impulsionar o desenvolvimento do município.

“São investimentos que incrementam a economia do nosso município, e só temos a agradecer ao governador Helder pelo empenho em trabalhar em prol do nosso município’, destacou.

O início da construção da ponte sobre o rio Fresco deve ocorrer em média em 60 dias, após o encerramento do processo licitatório para a contratação da empresa.Por Kátia Aguiar (SETRAN)

Fonte
Agência Pará

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo